Quando se está aprendendo outro idioma, o listening é uma das competências mais importantes para a compreensão plena da nova língua. Por isso, treinar essa habilidade dentro de sala de aula é indispensável, e é para te ajudar com isso que este post está aqui.

O CCAA é uma escola de idiomas que já está há mais de 60 anos no mercado, e essa experiência nos ajudou a identificar as melhores formas de praticar a audição em inglês. Se quiser saber mais sobre o assunto e ver as dicas que selecionamos, é só continuar a leitura!

Entenda o que é o listening e a importância de praticá-lo

O listening pode ser chamado também de compreensão auditiva. Ou seja, é a capacidade de entender o que está sendo falado por outra pessoa ou mídia. Ele está presente no estudo de idiomas, pois é indispensável para alguém que deseja alcançar a fluência.

Afinal, não adianta você aprender novas palavras ou até a pronúncia correta em outra língua, se não conseguir se comunicar de fato nesse outro dialeto, Não é mesmo? É por isso que o aprendizado de um idioma deve focar nas quatro maneiras de se expressar:

  1. Listening (audição);
  2. Speaking (fala);
  3. Reading (leitura);
  4. Writing (escrita).

Todas elas são importantes para que tenha liberdade ao se comunicar sem dificuldades e até evitando qualquer problema advindo da compreensão errada. No entanto, muitos acham que a audição não precisa de tanto treino quanto o restante, mas é aí que se enganam: ela precisa ser treinada de forma ainda mais intensa!

Por exemplo, se você quiser tentar uma vaga de estudo em nível superior fora do Brasil, precisará fazer a prova TOEFL (Test of English as a Foreign Language), que comprova a proficiência do candidato na língua inglesa. Nela, a habilidade de compreender o que foi falado por meio da escuta tem o mesmo peso na nota final do que sua capacidade de ler as questões.

O sucesso nesse teste também pode interferir em sua carreira profissional, pois diversas vagas exigem a comprovação de fluência de candidatos estrangeiros. Para verificar quanto sabe de inglês, é possível fazer o teste de nivelamento online para que entenda exatamente em que nível está nesse idioma e quais habilidades precisa melhorar antes de buscar o certificado de proficiência.

Listening em inglês: o fator do sotaque nativo

O listening em inglês é considerado mais difícil de aprender do que a leitura e até a pronúncia correta. Isso ocorre principalmente por conta do sotaque que acaba dificultando a compreensão de cada termo. É comum que os estudantes reclamem dessa característica por dois principais motivos:

  • norte-americanos falam muito rápido, então quem tem pouca prática não consegue acompanhar o raciocínio;
  • os nativos têm costume de não falar as frases por completo, apenas unindo as palavras de uma forma gramaticalmente errada, mas que na comunicação informal funciona muito bem.

Unindo esses dois fatores, quem não pratica com frequência o listening acaba enfrentando muitas dificuldades para comunicar-se corretamente, pois não entende o que é dito.

Por exemplo, enquanto com a gramática correta esse aluno aprendeu a falar “Do you want to help them?”, em uma situação cotidiana um nativo falaria apenas “Wanna help’em?”. Não compreender esse tipo de abreviação pode deixar quem está fora do país em uma situação difícil para pedir informações, conversar ou qualquer outra atividade!

Conheça formas de praticar para melhorar seu listening

Entender ou não o que é dito, mesmo com sotaque, ajuda a definir quão fluente você é de fato. Mas você sabe como melhorar essa habilidade?

Confira nossas dicas!

1. Inclua áudios de falantes nativos em seu dia a dia

Como o sotaque norte-americano pode ser uma das maiores dificuldades para melhorar seu listening em inglês, o primeiro passo é começar a se familiarizar com essa maneira de falar. Para isso, busque assistir programas, ouvir músicas e até criar o hábito de ouvir podcasts em inglês.

2. Conte com a tecnologia para os estudos

Existem aplicativos com conteúdos em inglês e até jogos educativos que te ajudam a tornar o momento de aprendizado ainda mais divertido. Aposte nesse tipo de recurso, principalmente se você já tem o costume de utilizar os meios digitais na maior parte do dia. Você acabará descobrindo ótimos exercícios que ajudarão a melhorar sua audição para o inglês.

3. Comece praticando por partes

Muitos estudantes não conseguem avançar nas práticas de listening, pois tentam compreender trechos muito longos de uma vez só, e isso não torna o aprendizado efetivo.

Por isso, separe o material que quer tentar entender em pequenas partes e pense no que compreendeu de primeira, depois tente interpretar qual o restante da frase pelo contexto do que já conhece. Então, repita o trecho para prestar atenção ao que não teve certeza da primeira vez.

4. Utilize filmes e séries de que você já gosta

Filmes e séries têm o poder de marcar em nossa mente alguns jargões que funcionam como uma piada interna entre o grupo de pessoas que também gostam daquela obra. Por essa facilidade que temos de memorizar alguns assuntos de que gostamos, é interessante consumir esses conteúdos com o áudio em inglês e as legendas em português.

Dessa forma, poderá associar a maneira de falar dos nativos ao que está lendo e aos poucos começará a entender esses trechos sem a legenda. Se estiver sem ideias do que assistir para te ajudar nos estudos, fizemos uma seleção de filmes para aprender inglês. Não deixe de conferir!

5. Estude a pronúncia correta

Muitas vezes, você terá dificuldade para identificar o que foi dito por apenas não conhecer a pronúncia correta de cada termo. Portanto, faça exercícios de pronúncia para se acostumar com a fonética das palavras do inglês. Assim, quando escutá-las, já não estranhará mais e conseguirá entender o que foi dito.

É claro que as alternativas que trouxemos aqui para melhorar seu listening funcionam, mas isso não quer dizer que esses hábitos dispensam o estudo em sala de aula, em uma escola de idiomas de confiança.

Para ter acesso a mais dicas de listening e de estudo de inglês em geral, acompanhe nossas publicações aqui no blog do CCAA. Trazemos conteúdos para estudantes de todos os níveis de fluência, então fique de olho para não perder nada!